Criador retira Jogo FLAPPY BIRD das lojas de Aplicativos

 

Ontem, domingo (09/02/2014), conforme ameaças Doug Nguyen, o criador de Flappy Bird, retirou o seu jogo do ar por motívos que até agora ninguém entendeu.

O desenvolvedor do game aparentemente estava perturbado pelo sucesso que o seu game andava fazendo e pelo jeito preferiu retirar o game do ar do que continuar ganhando R$ 119 mil por dia com anúncios!

Na ultima atualização o jogo havia sido baixado mais de 50 milhões de vezes. O que não justifica o fato do criador ter retirado o jogo do ar.

Dia 08 de fevereiro, o criador já havia dito que iria retirar o game do ar:

“Eu sinto muito jogadores de ‘Flappy Bird’, daqui a 22 horas, eu vou derrubar ‘Flappy Bird’. Eu não aguento mais”.

Dong Nguyen continuou seu desabafo no Twitter.

“Não é nada relacionado a questões legais. Eu simplesmente não posso continuar mais”

“Eu também não vendo ‘Flappy Bird’, por favor não peçam.”

“E eu continuo fazendo jogos”

“Eu posso dizer que ‘Flappy Bird’ é um sucesso meu. Mas isso também arruína minha vida simples. Então, agora eu odeio isso”.

E hoje podemos constatar que o criador cumpriu sua promessa, o jogo foi retirado do AR. Quem aproveitou a deixa foi o desenvolvedor de Iron Pants (jogo similar ao Flappy Bird, porém com um “mini Superman” kkk’) Que pelo visto vai enriquecer rapidinho se depender dos usuários revoltados que querem se vingar do Dong Nguyen.

E vocês, o que acham dessa loucura? Tem gente dizendo que foi jogada de Marketing… Bom, eu não sei, mas deixa eu ir jogar Flappy Bird aqui! Tchau!

Enquete:

Windows 7: Saiba como habilitar a exibição do Windows Media Player 12 na barra de tarefas

 

A versão 12 do Windows Media Player que acompanhou o lançamento do Windows 7 excluiu a opção de exibir o programa minimizado na barra de ferramentas do sistema, o que desagradou a muitos usuários.

Quem deseja restaurar essa função sem ter que reinstalar uma versão antiga do programa não precisa se preocupar. Basta seguir os passos abaixo para recuperar a possibilidade de exibir o Media Player na barra de tarefas.

1) Baixe o arquivo DLL necessário correspondente à versão do Windows 7 instalada. Clique aqui para a versão 32 bits e aqui para a versão 64 bits;

2) Extraia o arquivo e copie o documento “wmpband.dll” para a pasta do Windows Media Player(normalmente localizada em C:\Arquivos de Programas\Windows Media Player);

3) Abra o Menu Iniciar e na barra de pesquisa digite “cmd”. Em seguida, clique com o botão direito do mouse sobre a opção exibida e selecione “Executar como administrador”, conforme a imagem abaixo;

4) No prompt de comando do Windows, digite a seguinte frase: regsvr32 “C:\Arquivos de Programas\Windows Media Player\wmpband.dll”, com as aspas inclusas. Caso tenha o Windows Media Player instalado em outro diretório, substitua o endereço;

5) Surgirá uma imagem confirmando o registro do arquivo DLL. Clique em OK para confirmar;

6) Abra o Windows Media Player e em seguida clique em um lugar qualquer da barra de tarefas com o botão direito do mouse. Selecione a opção Barra de Ferramentas> Windows Media Player;

7) Pronto, agora já é possível exibir o Windows Media Player minimizado na barra de tarefas.

Facilite a reprodução de músicas e a troca de faixas com a miniatura do Media Player.

Fonte: www.tecmundo.com.br

Trailer de novo ‘Homem-Aranha’ empolga fãs em Nova York

Novo trailer empolgou os fãs do herói da Marvel.

Foto: Reprodução

A Comic Con, feira realizada para atrair fãs de cinema, quadrinhos e games, já mostrou neste final de semana, em Nova York, alguns lançamentos que deixaram fãs de algumas franquias empolgados. Esse é o caso do Homem-Aranha, que teve um trailer do game The Amazing Spider-Man de um minuto exibido durante a feira.

O jogo, que mostra algumas cenas de ação com o herói, está sendo produzido pela Beenox. Segundo o site Kotaku, o diretor criativo Gerard Lehinay afirmou que a produtora se empenha no game há mais de um ano.

O jogo será baseado no próximo filme que conta a saga do herói da Marvel, mas se desenrolará de forma diferente da contada no cinema.

Fonte: Terra Games

Novo trailer de Call of Duty: Modern Warfare 3 mostra ação intensa do jogo.

Rostos conhecidos figuram o trailer que mostra a Terceira Guerra Mundial no game.

 

A Activision divulgou, há pouco, um novo trailer de Call of Duty: Modern Warfare 3. Focado no modo história, as cenas exibem a Terceira Guerra Mundial, que foi iniciada pela ação de Makarov no segundo título da série. Em uma das imagens mais impressionantes, a Torre Eiffel é destruída por ataques que varrem toda a Europa.

Além de Makarov, o velho conhecido Capitão Price também aparece no trailer. Call of Duty: Modern Warfare 3 chega ao mercado em 8 de novembro de 2011, para PlayStation 3, Xbox 360, PC, Nintendo Wii e DS.

Fonte: Baixaki Jogos

Por karlmaxize Postado em Games

Fique craque com estas dicas para o Gerenciador de tarefas do Windows

O Gerenciador de Tarefas é uma importante ferramenta e saber usá-lo pode significar um PC mais rápido e funcionando melhor.

 

Se você usa o Windows, provavelmente já acessou esta ferramenta. Até o Windows XP ela era acessada pelo famoso atalho Ctrl + Alt + Del (nos Windows 7 e Vista, o atalho para acessá-la diretamente é  Ctrl + Shift + Esc). Isso mesmo, a ferramenta da qual falamos é o Gerenciador de tarefas do Windows.

Saber usá-lo traz algumas vantagens para o usuário, dentre elas um melhor desempenho do seu computador. Isso porque por meio desta ferramenta você pode gerenciar processos, encerrar programas problemáticos, verificar o quanto do processador e da memória RAM estão sendo utilizados e muito mais.

1 – Visualize todos os processos

Se você quer melhorar o desempenho e encontrar possíveis processos problemáticos, visualizar tudo o que está aberto em sua máquina é essencial. Então faça o seguinte: abra o Gerenciador de tarefas, vá até a guia Processos e então habilite a opção Mostrar processos de todos os usuários.

Visualize todos os processos

2 – Obtenha informações sobre um processo

Muitas vezes, principalmente após ativar a opção para exibir todos os processos citada no item anterior, você vê processos que não faz ideia de onde vieram e nem para que servem. Se isso acontecer, a solução é simples: clique com o botão direito do mouse sobre ele e depois emPropriedades.

Informações sobre processos

3 – Verifique o uso de memória RAM

É sempre bom saber quanto cada programa em execução consome de sua memória RAM e isso pode ser feito tranquilamente no Gerenciador de tarefas. Selecione a guia Processos e, na barra de ferramentas, siga o caminho Exibir > Selecionar Colunas. Na nova janela que se abriu, certifique-se de que estão habilitadas as opções Memória – Conjunto de Trabalho eMemória – Conjunto de Trabalho Particular.

Uso de memória RAM

Após a confirmação das opções, você visualizará as colunas na guia Processos. A guiaConjunto de Trabalho (Memória) indica a quantidade de memória física utilizada por cada processo (essa memória pode ser compartilhada pelos demais processos).

A outra guia, Memória (Conjunto de Trabalho Particular), exibe a quantidade de memória física utilizada individualmente por cada processo (esse valor é a parte do total que não pode ser compartilhado com outros processos).

4 – Verifique o uso de disco

Algumas vezes seu disco rígido parece estar sendo usado no limite, porém, na realidade nada está sendo feito no PC. Se você passa por uma situação semelhante a essa, descubra quem são os vilões da história por meio do Gerenciador de tarefas do Windows.

Uso de disco

Na guia Processos, siga o caminho Exibir > Selecionar Colunas e habilite as opções Bytes de leitura de E/S e Bytes de gravação de E/S. Nas novas colunas são exibidas as quantidades de dados lidos e gravados em seu disco por cada processo, ou seja, para saber processo gasta mais, basta olhar nessas colunas.

5 – Acabe com problemas de inicialização de programas

Se você costuma utilizar o Windows Media Player, deve ter notado que volta e meia ele trava. Contudo, mesmo após ter sido encerrado, o processo do programa continua ativo, o que impede a abertura de uma nova sessão do WMP. Se isso acontecer, abra o Gerenciador de tarefas, vá até Processos e encontre o processo WMPlayer.exe.

Se o processo estiver lá, porém nenhuma janela do aplicativo estiver aberta, é exatamente esse o problema. Clique com o botão direito do mouse sobre ele e selecione a opção Finalizar Processo para encerrá-lo definitivamente e poder voltar a usar o reprodutor multimídia do Windows.

Esse problema pode ocorrer não só com o WMP, mas com quaisquer outros programas. Portanto, fique atento, se algum aplicativo travou e foi encerrado, mas você não consegue reiniciá-lo, o problema pode estar em seu processo. Contudo, evite finalizar processos ao menos que tenha total certeza do que está fazendo, pois isso pode prejudicar o funcionamento do sistema.

6 – Acabe com processos rebeldes

Quando você tem um processo “roubando” memória e capacidade de sua CPU, está na hora de o Gerenciador de tarefas entrar em ação e acabar com esse rebelde. Utilize o atalho no teclado para abrir o Gerenciador e aguarde, pois se o processo estiver ocupando toda a capacidade de sua CPU, isso pode levar alguns minutos.

Quando o Gerenciador de tarefas abrir, você precisa apenas encontrar o problema na lista (lembre-se de habilitar a opção Mostrar processos de todos os usuários), clicar com o botão direito do mouse sobre ele e depois em Finalizar Processo.

Contudo, nem sempre isso resolve o incômodo, principalmente se o processo em questão é algum elementar do Windows e fechá-lo com certeza acarretará em travamento do sistema. Se isso acontece, clique com o botão direito do mouse sobre o processo rebelde, vá em Definir Prioridade e então selecione a opção Baixa. Isso deve fazer com o que o processo ocupe menos recursos do sistema.

Acabe com processos  rebeldes

Porém, se isso ainda não resolver seu problema, o Gerenciador de tarefas possui um último recurso: clique com o botão direito do mouse sobre o processo rebelde e depois em Definir Afinidade. Isso permite a você definir quais os núcleos da CPU o processo pode utilizar, minimizando sua ação.

7 – Acabe com devoradores de memória

Alguns aplicativos são verdadeiros devoradores de memória e prejudicam o desempenho do sistema. Um bom exemplo é o processo svchost.exe, responsável por executar várias tarefas do Windows. Contudo, se ele consome muita memória de seu PC, como saber quais os aplicativos responsáveis por isso?

Clique com o botão direito do mouse sobre ele e depois na opção Ir para Serviço(s). Nela, você visualiza a aba Serviços do próprio Gerenciador, e lá serão exibidos os aplicativos relacionados ao processo que você selecionou. Se desejar você pode encerrá-los.

Infelizmente o Gerenciador de tarefas do Windows não permite a você visualizar o quanto cada aplicativo consome de memória, porém, seu leque de possíveis devoradores já diminui bastante.

Acabe com devoradores de memória

8 – Acabe com vazamento de recursos

Determinados processos acabam sempre consumindo mais e mais recursos do Windows, sem liberá-los posteriormente (a não ser que você reinicie a máquina). As versões 32 bits do Windows não possuem fonte ilimitada de recursos, o que acaba gerando travas e problemas constantes.

Para solucionar o problema com vazamento de recursos, abra o Gerenciador de Tarefas e emExibir > Selecionar Colunas habilite as opções Identificadores, Objetos USER e Objetos GDI. Feito isso, passe a verificar com frequência os valores exibidos nessas colunas (bem como as colunas sobre memória).

Acabe com vazamento de recursos

Esses valores podem aumentar drasticamente em alguns casos, como o de programas antivírus ou um limpador varrendo o sistema, porém, se depois disso os valores não voltarem ao normal, provavelmente você tem um problema que pode ser resolvido com a finalização do processo.

9 – Crie um arquivo de despejo

Quando um programa trava, você pode utilizar o Microsoft Debugging Tools for Windows(ferramenta de depuração da Microsoft) para tentar descobrir o porquê do problema. Faça o download desse aplicativo e depois siga os passos expostos adiante.

Na guia Processos do Gerenciador de tarefas, encontre o processo do aplicativo travado, clique com o botão direito do mouse sobre ele e selecione a opção Criar Arquivo de Despejo. Ao final, uma janela surge na tela indicando o local em que se encontra o arquivo de despejo recém-criado.

Arquivo de despejo

Agora abra o depurador WinDbg, baixado no link acima, e siga o caminho File > Open Crash Dump File. Caso tenha conhecimento suficiente, você pode vasculhar as informações e descobrir o que causou a falha no aplicativo.

Local do arquivo de despejo

10 – Inicie ou interrompa um serviço

Por meio do Gerenciador de tarefas ainda é possível interromper ou iniciar um serviço do Windows. Vá até a guia Serviços e encontre uma lista de serviços disponíveis. Agora basta clicar com o botão direito do mouse sobre o serviço desejado e selecionar seu início ou interrupção.

Inicie ou interrompar um serviço

11 – Reinicie o Explorer

Com certeza não foram uma nem duas as vezes que você teve problemas com o Explorer. Sem muita explicação ele trava e precisa ser encerrado. Porém, é possível reiniciá-lo por meio do Gerenciador de tarefas: siga o caminho Arquivo > Nova Tarefa (Executar…) e na janela que se abriu execute o comando explorer.exe para que o Explorer seja reiniciado.

Reincie o Explorer

12 – Compreenda o uso da CPU

Às vezes o PC parece lento, mas ao verificar aa coluna CPU da aba Processos você não encontra nenhuma justificativa para isso. É possível descobrir de onde vem o problema no próprio Gerenciador e de modo bem simples: vá até a guia Desempenho e acompanhe o gráfico do Histórico do Uso de CPU.

Agora siga o caminho Exibir > Mostrar Tempos do Kernel e então você visualiza duas linhas no gráfico: uma verde e outra vermelha. A verde representa o uso total da CPU e a vermelha o tempo de CPU consumido pelo kernel (saiba o que é kernel – clique para acessar).

Compreenda o uso da CPU

Quando a linha verde está acima da vermelha, significa que a lentidão do sistema é causada por algum processo aberto em sua máquina. Contudo, se picos da linha vermelha forem constantes, significa que o problema vem de algo no kernel, provavelmente um drive ou então um componente do Windows. Na pior das hipóteses isso ocorre devido a algum malware.

13 – Obtenha informações sobre o sistema

Saber algumas informações sobre o seu sistema é essencial para compreender o que se passa com ele. Abra o Gerenciador de tarefas, vá até a guia Desempenho e verifique no item Total na seção Memória Física (MB) a quantidade de memória RAM instalada em sua máquina. O itemTempo de Atividade indica há quanto tempo o seu sistema está funcionando desde a última inicialização.

Informações sobre o sistema

14 – Monitore a utilização da rede

Por meio do Gerenciador de Tarefa você monitora a utilização da rede. Para isso, abra a ferramenta e clique sobre a guia Rede para visualizar a utilização em um gráfico. Clicando emOpções > Guia Sempre Ativa, o Gerenciador continua coletando informações sobre a atividade da rede mesmo quando a guia Rede não está aberta.

Monitore a utilização da rede

No caminho Exibir > Histórico do Adaptador de Rede é possível habilitar a exibição da quantidade de dados recebidos e enviados pela rede.

Histórico do adaptador de rede

15 – Gerencie usuários da rede

Uma rede é composta por vários usuários e você pode gerenciá-los por meio do Gerenciador de tarefas. Na guia Usuários você encontra uma lista com todos os membros da rede e clicando com o botão direito do mouse sobre um deles é possível enviar-lhes mensagens ou até mesmo desconectá-los da rede.

Gerencie usuários da rede

16 – Alternativas ao Gerenciador de tarefas do Windows

Você já deve saber que existe uma série de aplicativos capazes de substituir o Gerenciador de tarefas do Windows, alguns inclusive com muito mais recursos que o original. Além de bons exemplos como Process Hacker, System Explorer e AnVir Task Manager, você encontra mais dicas em um artigo tratando especificamente deste assunto:

Fonte: Baixaki Tecnologia

Produtora apresenta novas versões dos games Silent Hill, Metal Gear e Glee….

Veja as primeiras impressões sobre os jogos da Konami

Game-Never-Dead
Em Never Dead, o protagonista arranca partes do seu corpo para superar os desafios (Publicidade)

A Konami alugou nesta terça-feira (14) a balada Sonique no centro de São Paulo para apresentar alguns de seus principais lançamentos para o ano que vem. Silent Hill, Metal Gear Solid,Glee Karaoke Revolurion e Never Dead.
O próximo game da série Silent Hill vai mudar o personagem principal, o enredo e vai aprimorar os gráficos, mas a jogabilidade vai permanecer a mesma. Pelo menos, é isso o que demonstrou a versão alfa do game Silent Hill: Downpour. A Konami prometeu que esse será o “maior game” da série.
Além de manter o clima de terror, Silent Hill: Downpour vai trazer modo para vários jogadores simultâneos.
A terceira versão da série Glee Revolution Karaoke continua agradando os fãs da série e irritando quem gosta das músicas originais. I Wanna Hold Your Hand, clássico dos Beatles, está irreconhecível neste game de Wii, com um ritmo muito mais lento.
Metal Gear Solid HD Collection foi uma decepção. Em fase ainda preliminar, os gráficos do jogo estavam ainda ruins e elementares. Parecia game do Playstation 1. A promessa da Konami é trazer todo o conteúdo dos games dos Metal Gears 2, 3 e 4 com alguns extras no ano que vem. A proposta vai trazer os clássicos da série para nova geração de jogadores.
Novo game
Por fim, a Konami apresentou um jogo de tiro em terceira pessoa chamado Never Dead. A versão demo do game trouxe controles confusos e que não respondiam prontamente. Havia também problemas na interface, pouco intuitiva. Os gráficos, porém, estão detalhados e tem potencial. Never Dead pode ser outro grande jogo no portfólio da Konami.
O personagem principal é curioso: trata-se de um imortal, espécie de Highlander ou Blade (dos animes, nada a ver com a versão de Hollywood).
Em Never Dead, o protagonista arranca partes do seu corpo para superar os desafios. A qualquer momento, é possível arrancar um braço, que explode, se transformando em uma espécie de granada.
Volta e meia, o personagem é reduzido a uma cabeça rolando. Sim, é bem estranho mesmo, mas parece ter potencial. A banda Megadeth fez a trilha do trailer, que mostra a ação do game também se passando em período medieval.

Fonte: Portal R7

Neymar desbanca Messi no game "PES 2012"

 

Atacante do Santos e da seleção brasileira figura ao lado do português Cristiano Ronaldo na capa da versão para as Américas do novo game de futebol

Após liderar o Santos na conquista da Copa Libertadores este ano, o atacante Neymar foi escolhido para estrelar a capa do novo “Pro Evolution Soccer 2012” na América do Norte e Latina. Com previsão de lançamento em 27/9, a capa do game também traz o atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, ao lado do brasileiro. Na versão do ano passado, era o argentino Messi que aparecia na capa.

Como o simulador de futebol da Konami traz a taça continental devidamente licenciada desde sua edição anterior, o atacante do Santos também é um dos principais jogadores nessa nova versão do jogo para consoles e PCs.

Segundo a fabricante, “PES 2012” traz algumas novidade para duelar com o concorrente “FIFA 12”, da Electronic Arts, como novos elementos de IA (inteligência artificial) dos jogadores e controle deles mesmo sem a bola.

O jogo chega às lojas dos Brasil e outros países da América Latina e do Norte no próximo dia 27 para as plataformas PlayStation 3, Xbox 360 e PCs – as versões para Wii, PS2 e PSP ainda não têm datas de lançamento confirmadas.

pes2012neymar01.jpg
Estrelas do Brasil e Portugal estão na capa de novo game de futebol

Fonte: PC World Brasil

Por karlmaxize Postado em Games

Empresa lança par de óculos de sol temático de Modern Warfare 3

Como acontece em todo lançamento de um novo “Call of Duty”, vários itens baseados no badalado game são postos no mercado. Além de coçar o bolso dos fãs, é uma oportunidade para as produtoras fazerem um extra. Dessa vez, a empresa Gunnar Optiks, em parceria com a Activision, anunciou o lançamento de um par de óculos de sol personalizado do game “Modern Warfare 3.

De acordo com o site IGN, os óculos são licenciados pela Gaming Eywear, companhia que certifica e garante a qualidade do produto. Além disso, trazem a tecnologia i-AMP, que relaxa os músculos oculares e permite gastar mais tempo em exposição à luz solar ou à luz emitida por telas de televisores e computadores sem causar qualquer tipo de fatiga.

O par de óculos custa US$ 99 e estará a venda assim que o lançamento de “Call of Duty: Modern Warfare 3” estiver mais próximo, quando chega ao PC e as consoles em 8 de novembro. A rede varejista americana Best Buyirá incluir o item na pré-venda do jogo.

Fonte: Adrenaline